Higienização com Escovas Interdentais

Para muita gente, higiene bucal é sinônimo de escovar os dentes. Mas a saúde das gengivas é tão importante quanto a dos dentes. A ferramenta mais conhecida para garantir uma boca livre de periodontites é o fio dental,mas é importante complementar a higienização com as escovas interdentais. O fio dental é parte fundamental para eliminar detritos que permanecem nos espaços que a escova não chega, mas ele não limpa a região côncava entre os dentes.

Quem tem espaços maiores entre os dentes, onde o fio dental passa com facilidade, o ideal para a saúde gengival é usar a escova interdental.

Todo mundo sabe que os dentes tem várias dimensões e todas elas devem ser higienizadas. A escova dental comum consegue limpar 2 faces dentais dos dentes da frente (a face da frente e a de trás) e 3 faces dos dentes do fundo ( a face frontal, a traseira e a face que a gente usa para morder os alimentos). E as faces entre um dente e outro? Se você usa apenas a escova comum, você está deixando de limpar quase 50 % da sua boca, sem exagero! É aí que o fio dental e a escova interdental entram em ação.

Sabem quando a gente insere o fio dental entre os dentes e temos que fazer uma pequena pressão para ele entrar na região entre o dente e a gengiva? Nesse caso, os dentes estão juntinhos e um bem perto do outro. Essa é a verdadeira indicação do fio dental. Ele deve ser introduzido até ficar entre o dente e a gengiva e delicadamente esfregado para limpar a região.

E quando os dentes são separados? E quando tem uma perda dental que deixa um grande espaço? E quando o fio dental entra muito fácil, sem oferecer resistência? Opa, é aí que a escova interdental deve entrar em ação.

Passo a passo para usar escovas interdentais
1- Adquira uma escova interdental de boa qualidade. Consulte o seu cirurgião-dentista sobre as melhores opções, pois as escovas interdentais não são iguais.
2- Localize o espaço entre dois dentes e insira a ponta da escova de forma inclinada em um ângulo de aproximadamente 45º graus em direção à gengiva. Nos dentes superiores, incline a escova para cima e, nos dentes inferiores, incline a escova para baixo.
3- Este acesso deve ser feito delicadamente com uma pressão suave e sem forçar a escova. Dê preferência para os dentes da frente ou anteriores.
4- Deslize a escova perpendicularmente em relação aos dentes em um movimento de fora para dentro da boca. A escova deve deslizar facilmente, sem qualquer pressão.
5- O uso da escova deve ser feito diariamente, mas apenas insira e remova, não há necessidade de repetir o movimento para frente e para trás. Isto poderia machucar a gengiva ocasionando retrações e provocando espaços ou pontos escuros entre os dentes.
6- Quando a escova interdental é inserida pelas primeiras vezes entre os dentes, é possível que a gengiva sangre um pouco e cause algum desconforto doloroso. Isso não é motivo para preocupação, porque não significa que se tenha traumatizado a gengiva, mas sim que existe uma inflamação prévia causada pela placa bacteriana. Só ocorrem sangramentos nas gengivas quando estão inflamadas pela presença da placa bacteriana ou ao se utilizar uma escova com diâmetro inadequado. Ao utilizar a escova interdental corretamente, o sangramento desaparecerá em até dez dias.
Tepe-Interdentais-2tepe_escova_interdental_angle_0_6mm_azul_limpeza_entre_dentes_1_tepe_escova_interdental__0_4mm_rosa_limpeza_entre_dentes_1_interdental1inter-6imagesid2hig_interdental_1floss_top1
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s